O Porto em 1920

10.00

Categoria: Etiqueta:

Detalhes

Capa

Mole

Dimensões

140 x 210 mm

Edição

09-2020

Idioma

Português

Páginas

128

Sobre o Autor

César Santos Silva

César Santos Silva

Bacharel em História. Formador, professor de História do Porto, Portugal e Contemporânea do Mundo em várias Universidades Seniores, tais como Sindicato Professores da Zona Norte, Fundação Inatel, Casa de Cultura de Paranhos, Universidade Sénior da Foz, entre outras. Publicou várias obras tais como: Toponímia Feminina Portuense (2011); Passeios pelo Porto I (2012); Toponímia de Ramalde – História das Ruas da Freguesia (2013); Passeios pelo Porto II (2013); Na Rota dos Judeus do Porto (2014) e Na Rota de Camilo no Porto (2017).

Como era a urbe invicta há cem anos? O que se passou aí durante a década de 1920? O Porto que o século XX viu nascer era uma cidade deprimida, que vivia ainda as frustrações do 31 de Janeiro, uma revolução romântica feita contra a Monarquia e contra a vontade de muitos republicanos. Longe ia a segunda metade do século XIX, quando esta cidade era uma vontade e um querer, quando tinha força e a sua elite política se impunha a Lisboa. O Porto dos inícios do século XX já não era nada disto: a cidade perdera fulgor, ânimo e importância política e económica. Se a revolta de 31 de Janeiro de 1891 coincidiu com o início da sua decadência política, podemos considerar a Salamancada (de Julho de 1881), e a enorme crise financeira que lhe está associada, como o símbolo da sua decadência económica, que se prolongou depois por todo o século XX. A partir daqui, Lisboa tornar-se-ia o único centro de decisão política, económica, financeira e cultural, acentuando a sua macrocefalia. Mesmo no final do século XIX, em 1899, o Porto viu-se ameaçado, no contexto da sua saúde pública, com a eclosão da última epidemia de peste bubónica da Europa. Mas não foram apenas ameaças, infelizmente: o surto resultou em cerca de 200 mortos e na chegada de forças militares oriundas de Lisboa com o intuito de imporem um cordão sanitário à volta da cidade – o que muito a humilhou.

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “O Porto em 1920”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

10 − six =