O significado da fronteira na história americana

10.00

REF: 9789898898012 Categorias: , Etiqueta:

Sobre o Livro

Capa

Mole

Dimensões

140 x 210 mm

Edição

11-2018

Idioma

Português

Páginas

128

Sobre o Autor

Frederick Jackson Turner

Jorge C. Pereira

Jorge C. Pereira

Fez a Licenciatura em Relações Internacionais pela Universidade do Minho. Terminou em 2016 o Doutoramento em Cultura Norte-Americana com uma tese sobre a hegemonia internacional dos Estados Unidos durante a segunda metade do século 20 e o seu impacto nos ideais americanos. É Professor Convidado no Departamento de Estudos Ingleses e Norte-Americanos (DEINA) da Universidade do Minho, e investigador do Centro de Estudos Humanísticos da Universidade do Minho (NetCult-CEHUM).

Frederick Jackson Turner deu início a uma revolução no pensamento histórico americano com seu ensaio sobre a importância da fronteira na América, na qual proclamou que a democracia, o individualismo e a auto-suficiência americanas eram explicadas pelo ambiente físico do continente. Ao rejeitar qualquer influência das tradições britânicas ou germânicas na evolução dos Estados Unidos, Turner fundou uma historiografia americana independente, uma forma de pensar a história do seu país emancipada da Europa. O ensaio de Turner deixou na cultura popular americana uma imagem indelével de uma certa inocência da Natureza, fonte de uma sabedoria própria. A tese conclui de forma perturbadora: com o fim do período histórico da fronteira na América, o que acontece a seguir?

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “O significado da fronteira na história americana”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *