Olhares, reflexões e paixões de um geógrafo

12.00

REF: 9789898898197 Categorias: , , Etiqueta:

Sobre o Livro

Capa

Mole

Edição

12-2018

Idioma

Português

Páginas

208

Dimensões

140 x 210 mm

Sobre o Autor

José Alberto Rio Fernandes

José Alberto Rio Fernandes

Nasceu a 26 de julho de 1958, em Gondomar (S. Cosme), onde vive. Licenciou-se em Geografia na Faculdade de Letras em 1980 e foi contratado no ano seguinte, ocupando o lugar de professor catedrático desde 2004, após adquirir os graus de mestre (1985), doutor (1993) e agregado (2003). Foi diretor do Departamento de Geografia, presidente do Conselho de Representante e coordenador do Centro de Estudos de Geografia e Ordenamento do Território
e do curso de doutoramento em Geografia da Universidade do Porto, desempenhando atualmente os cargos de presidente da Associação Portuguesa de Geógrafos e de editor da GOT - revista de Geografia e Ordenamento do Território. É autor de centena e meia de títulos, entre livros, capítulos e artigos científicos, contando com mais de três centenas de pequenos textos de divulgação. Foi convidado para aulas, conferências e júris em várias universidades portuguesas, espanholas, francesas, alemãs e brasileiras e participou em largas dezenas de encontros científicos, assim como em muito elevado número de palestras e debates públicos, a convite. É docente e investidor, desempenhando também funções técnicas em planos e estudos nos âmbitos da geografia urbana, do urbanismo e do planeamento e desenvolvimento do território. É colaborador regular do Jornal de Notícias, com intervenções esporádicas no Público, na RTP2 e no Porto Canal.

Os olhares em que se sustentam os 100 pequenos textos aqui apresentados, a par de 100 textos de convidados, são no essencial o resultado da condição profissional e da formação do autor, geógrafo e cidadão que procura estar atento e se apaixona com alguma facilidade pelo que observa, desde uma condição de cidadão e de geógrafo, porventura de viajante, na sua cidade e em vários lugares do país e do mundo. Claro que os textos implicam reflexão, sobre realidades e sobretudo processos de transformação, tomando quase sempre por base a sua dimensão territorial. A reflexão essencial, todavia, é pedida ao leitor, a quem compete a apreciação, esperando o autor destes pequenos textos aqui reunidos que se sinta interpelado, porventura incomodado, despertando-se o seu interesse por algo que não conhecia, ou que não tinha visto assim como foi olhado por quem o escreveu.

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Olhares, reflexões e paixões de um geógrafo”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *