O Coronel Chabert

O Coronel Chabert serviu sob o comando de Napoleão e foi uma figura chave no sucesso da heroica Batalha de Eylau em 1807; todos passaram a assumir que, como herói, ele havia perecido em combate. Mas apesar das probabilidades, ele conseguiu sobreviver. Estava debilitado há muito tempo e não conseguiu persuadir ninguém de que era quem dizia ser, com todos a acreditarem que Coronel Chabert tinha morrido. Assim, foi renegado durante vários anos pela sua esposa, pela lei e por todo o mundo social. A sua esposa casou novamente, com o Conde Ferraud, um casamento que satisfazia tanto o seu orgulho como a sua paixão. No entanto, o idealismo e ingenuidade de Chabert, bem como a desonestidade da sua esposa, complicam as coisas. Balzac condena o poder do dinheiro e da ambição, que leva os protagonistas a realizar, progressivamente, atos imorais, numa história que alterna entre a pobreza do honorável Chabert e a afluência da sua cruel e venal esposa.

4.95

REF: 9789899067608 Categorias: , Etiqueta:

Detalhes

Capa

Mole

Dimensões

140 x 210 mm

Edição

01-2022

Idioma

Português

Páginas

80

Sobre o Autor

Honoré de Balzac

Honoré de Balzac nasceu a 20 de maio de 1799, em Tours, em França. Toda a sua produção criativa foi desenvolvida no contexto de uma família burguesa que refletia os tempos de mudança durante a época da Revolução Francesa, em que o Antigo Regime foi deposto. Honoré de Balzac decide, aos vinte anos, dedicar-se à literatura, mas ante o pouco êxito das suas obras, lança-se nos negócios em 1825, tornando-se impressor através da sua associação com um livreiro. Não encontraria, porém, muito sucesso nesta carreira e, em 1828, foi salvo de falência pessoal, embora viesse a manter largas dívidas até ao final da sua vida. Regressou, então, à sua carreira literária, agora com um novo domínio, e nos anos seguintes várias obras levaram-no à beira do sucesso. O uso extensivo de detalhes e descrições exaustivas do espaço narrativo e forma a ilustrar a vida das suas personagens, fez dele um pioneiro precoce do realismo literário, em que procurava retratar o universo da existência humana através do particular. Balzac contribuiu para o estabelecimento da forma tradicional do romance e é hoje considerado como um dos maiores romancistas de todos os tempos. Morreu a 18 de agosto de 1850, em Paris.

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “O Coronel Chabert”

O seu endereço de email não será publicado.

2 × 3 =