Lendas do Porto I

25.00

REF: 9789896282165 Categorias: ,

Sobre o Livro

Idioma

Português

Capa

Mole

Páginas

150

Dimensões

180 x 250 mm

Edição

11-2010

Sobre o Autor

Joel Cleto

Joel Cleto

Nasceu no Porto em 1965. Arqueólogo, historiador e divulgador do Património, é autor e apresentador, desde 2006, de um premiado programa semanal dedicado a estas temáticas na estação televisiva Porto Canal. Licenciado em História e Mestre em Arqueologia pela Universidade do Porto, está creditado pela Universidade do Minho como formador de Professores nessas mesmas áreas. Professor Especialista pelo Instituto Superior de Administração e Gestão (Porto) onde é docente das cadeiras de Património e História na licenciatura em Turismo. Autor de diversos livros e dezenas de ensaios e estudos de investigação, escreve regularmente na revista “O Tripeiro”, nas páginas da qual foram publicadas originalmente estas lendas. Foi agraciado em 2017, pela Autarquia do Porto, com a Medalha Municipal de Mérito, grau ouro.

joelcleto.no.comunidades.net
joel.cleto@gmail.com

Sérgio Jacques (fotografia)

Sérgio Jacques (fotografia)

Nasceu no Porto em 1964. Fotógrafo e editor, mestre em fotografia, colaborador em várias editoras e publicações. Autor e coautor de livros sobre história, arquitetura, turismo e gastronomia, atualmente vem desenvolvendo projetos fotográficos em torno do Património e da Memória Coletiva.

sergiojacques.blogspot.com

Uma viagem pela História e Património da região do Porto a pretexto de mais de duas dezenas de lendas. Através destas páginas o leitor é convidado a (re)visitar monumentos como a Sé do Porto, a Torre de Pedro Sem, a Casa de Ramalde, a capela do Senhor da Pedra ou a igreja de Matosinhos. Mas também a contactar com personalidades históricas como o rei Ramiro, Zé do Telhado, Camilo Castelo Branco, D. Pedro IV ou o Infante D. Henrique. Aqui encontrará igualmente as explicações lendárias para a origem dos “tripeiros”, da associação da concha da vieira aos Caminhos de Santiago, ou de topónimos como Miragaia, Matosinhos ou Valongo. Episódios fabulosos, transmitidos durante séculos através da oralidade, as lendas não deixam de encerrar pistas preciosas (por vezes as únicas que chegaram aos nossos dias) para a compreensão de muitos episódios históricos e para a génese de muitas localidades e seus monumentos. Mas, para lá de lenda, o leitor encontrará também as respostas que, entretanto, a História e a Arqueologia encontraram para as dúvidas e questões que motivaram os nossos antepassados para as suas explicações lendárias.

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Lendas do Porto I”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *