Dom Casmurro

Como narrador, Bento é um homem mais velho a refletir e a escrever sobre a sua vida. O relato começa quando ele tem quinze anos de idade, no ano de 1857. Ele começa a sua história voltando ao dia em que a sua mãe faz uma promessa a Deus de que o seu filho se tornaria, um dia, padre. No entanto, durante a sua adolescência, Bento começa a apaixonar-se por uma rapariga chamada Capitu, vizinha da sua família. Percebe então que a eventual separação da sua companheira de infância parece inevitável e vê-se forçado a ir para o seminário. Assim, apesar do seu amor por Capitua, Bento cumpre a promessa de sua mãe, mas não sem que o casal prometa construir um futuro juntos e casar-se um dia, quaisquer que sejam as circunstâncias, após o regresso de Bento do seminário. Porém, uma vez casados, Bento e Capitu devem enfrentar outros obstáculos. Dom Casmurro é considerada a obra-prima do realismo literário de Assis, na qual, através de um narrador pouco fiável, um marido ciumento e vingativo, reflete acerca das adversidades e contratempos que viveu ao longo do seu casamento.

4.95

REF: 9789899067189 Categorias: , Etiqueta:

Detalhes

Capa

Mole

Dimensões

140 x 210 mm

Edição

09-2021

Idioma

Português

Páginas

240

Sobre o Autor

Machado de Assis

Joaquim Maria Machado de Assis nasceu a 21 de junho de 1839, no Rio de Janeiro, no Brasil. Filho de um pintor doméstico de ascendência negra e portuguesa, foi criado, após a morte da sua mãe, por uma madrasta. Doente, epiléptico, de aparência desinteressante e gago, encontrou emprego aos 17 anos de idade como aprendiz de um tipógrafo e começou a escrever nos seus tempos livres. Em breve estaria a publicar histórias, poemas e romances segundo a tradição romântica. A reputação de Machado de Assis como um dos maiores escritores brasileiros repousa sobre a sua obra, os seus contos e dois romances posteriores, entre eles Dom Casmurro, considerada a sua obra prima. Em 1896, Machado tornou-se o primeiro presidente da Academia Brasileira de Letras, e manteve o cargo até à sua morte, a 29 de setembro de 1908.

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “Dom Casmurro”

O seu endereço de email não será publicado.

12 − nine =