Cafés do Porto

20.00

REF: 9789899067455 Categoria: Etiqueta:

Detalhes

Capa

Mole

Dimensões

140 x 210 mm

Edição

11-2021

Idioma

Português

Páginas

352

Sobre o Autor

César Santos Silva

César Santos Silva

Investigador, formador e professor de História do Porto, de Portugal e Contemporânea do Mundo em várias instituições. Foi colaborador pontual dos Serões da Bonjóia, foi conferencista habitual da Biblioteca Municipal Almeida Garrett, Fundação Inatel e autor de diversas conferências e palestras dedicadas a temas de História. Publicou várias obras, tais como Associação Nun’Álvares de Campanhã/Subsídios para a sua História (2010), Toponímia Feminina Portuense (2011), Passeios pelo Porto I (2012), Toponímia de Ramalde – História das Ruas
da Freguesia (2013), Passeios pelo Porto II (2013), Na Rota dos Judeus do Porto (2014), Na Rota de Camilo no Porto (2017), António, o outro Salazar (2019) e O Porto em 1920 (2020).

Segundo a tradição, o café terá vindo da Etiópia e do norte do Quénia, apesar de a palavra “café” ser de origem árabe, querendo dizer, segundo algumas fontes, “falta de fome”, como que reforçando o facto de ser uma autêntica bebida energética. Daí a reconhecer-se a bebida como um estimulante terá sido apenas um passo… Podemos considerar como o período áureo dos cafés na Cidade Invicta o tempo que vai desde a terceira década do século XIX até aos finais dos anos 40 do século XX. O apogeu deu-se entre as décadas de 20 e 40 deste último século, com o aparecimento e ponto alto de cafés grandiosos como o Chave D’Ouro, Excelsior, Majestic, Sport, Astória, Guarany, Imperial, Suisso, Monumental, Palladium, Avenida, Rialto e Aviz, espaços ainda hoje recordados com enlevo pelas gerações mais velhas, que talvez não sabendo, na altura, eram afinal bem felizes ali. A partir da década de 50, os cafés já não são tão luxuosos, tão imponentes; ainda assim, alguns deles marcaram o seu tempo e deixaram uma impressão indelével aos que os frequentaram. Falamos de cafés como o Estrela, o Embaixador e o Aviz, talvez os mais relevantes nascidos nessa época…

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “Cafés do Porto”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

11 − 5 =