Alice no país das maravilhas

Alice explora o “País das maravilhas”, uma terra misteriosa. Ela é uma menina de 7 anos que adormece enquanto está sentada com a sua irmã e entra neste reino fantástico através de uma toca de um coelho. Num sonho, Alice escapou do mundo monótono e aborrecido e prosaico da idade adulta e entra no que parece ser uma primavera confusa, mas perpétua, de imediatismo físico, se bem que muitas vezes assustador. No decurso da história, ela segue o Coelho Branco, um caminho que a conduz a numerosas aventuras. Ela encontra uma duquesa com um porquinho em vez de um bebé, um cozinheiro que atira colheres, um gato Cheshire inteligente mas louco, uma Lebre de Março, um Chapeleiro Louco, e um Arganaz. Ao alimentar-se do lado direito e esquerdo de um cogumelo, uma lagarta mostra-lhe como alterar a sua altura. O romance está repleto de personagens maravilhosas, cada uma das quais acrescentando uma camada de comédia e profundidade ao enredo.

4.95

REF: 9789898898920 Categorias: , Etiqueta:

Detalhes

Capa

Mole

Dimensões

140 x 210 mm

Edição

05-2021

Idioma

Português

Páginas

112

Sobre o Autor

Lewis Carroll

Lewis Carroll, pseudónimo de Charles L. Dodgson nasceu a 27 de janeiro de 1832, em Inglaterra. Cresceu entre onze irmãos, filho de um clérigo anglicano, religião com que manteve, durante a sua vida, uma relação longa e próxima. Aos 20 anos de idade, recebeu um estágio na Christ Church e foi nomeado professor de matemática. Carroll era tímido, mas gostava de criar histórias para crianças. Carroll gaguejava bastante, mas encontrava-se vocalmente fluente quando falava com crianças. As relações que cultivava com crianças durante a sua idade adulta são de grande interesse, pois inspiraram sem dúvida as suas maiores obras e têm sido um ponto de discussão ao longo dos anos. Carroll adorava entreter crianças, e foi Alice, a filha de Henry George Liddell,
que foi creditada com a sua maior inspiração. Alice Liddell lembra-se de passar muitas horas com Carroll, sentada no seu sofá, enquanto ele contava histórias fantásticas de mundos maravilhosos. Obteve um enorme sucesso como escritor e poeta, mas no decurso da sua vida desempenhou também um papel nos campos da matemática e fotografia, chegando mesmo a protagonizar pequenas invenções. Faleceu em 1898, vítima de pneumonia.

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “Alice no país das maravilhas”

O seu endereço de email não será publicado.

one × one =