A malta da rua dos plátanos

15.00

REF: 9789898898210 Categorias: , Etiqueta:

Sobre o Livro

Capa

Mole

Dimensões

140 x 210 mm

Edição

10-2019

Idioma

Português

Páginas

224

Sobre o Autor

António Garcia Barreto

António Garcia Barreto

Nasceu na Amadora, em 1948. Licenciou-se em História na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Viveu a guerra colonial, colaborou nos jornais República, O Diário e Diário Popular, entre outras publicações. Em 1996, o seu conto “Um minuto mágico” foi distinguido com o 2.º lugar pelo Prémio Literário Hernâni Cidade, promovido pela Câmara Municipal do Redondo, e, em 2000, foi galardoado com o Prémio Literário de Sintra – Adolfo Simões Müller, com o seu romance juvenil “Rubens e a Companhia do Espanto em O Caso da Mitra Desaparecida”. Destaque ainda para o seu livro infantil “Uma Zebra ao Telefone”, incluído no Plano Nacional de Leitura. Ao nível do romance, destaque para “À Sombra das Acácias Vermelhas”, “A Mulher da Minha Vida” e o “O Homem do Buick Azul”, entre muitos outros. António Garcia Barreto publica o blogue “Viagens por dentro dos dias”.

A malta da rua dos plátanos é o primeiro romance de António Garcia Barreto, publicado na sua primeira versão, em 1981, e traduzido para russo em 1983, numa edição de cem mil exemplares. A história desenrola-se na Rua dos Plátanos, em torno de um grupo de crianças, filhos da classe operária, que divide os seus dias em brincadeiras e aspirações a um futuro melhor. A “malta” são as crianças sem infância de uma época quase esquecida, decorrida entre o final da década de 40 e o 25 de Abril. Crianças, depois adolescentes e adultos, que do nada fizeram tudo, lutando e construindo o seu próprio futuro. Que das privações erigiram pensamentos e da repressão elevaram sonhos e esperança. Um romance assente na singela beleza de uma amizade de jogos de peão, abrigados pelos plátanos de uma rua que é o retrato social de uma sociedade e de um país de outros tempos, que, não esqueçamos, ajudaram a edificar o presente.

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “A malta da rua dos plátanos”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *